IMÓVEIS: CONSTRUTORAS APOSTAM ALTO NO 2º SEMESTRE - Painel Econômico

PUBLICIDADE


IMÓVEIS: CONSTRUTORAS APOSTAM ALTO NO 2º SEMESTRE

Em matéria do DCI, publicada nesta quinta-feira, 16, as construtoras devem segurar lançamentos e apostar as vendas em imóveis prontos

Com uma postura mais conservadora em relação a lançamentos de imóveis, construtoras direcionam toda sua atenção para a venda de empreendimentos prontos no segundo semestre. Com essa estratégia, a tendência é que descontos agressivos e forte política de marketing esquentem a briga pelo cliente em potencial.

Só na cidade de São Paulo, a previsão do Sindicato da Habitação (Secovi-SP) é que o número de lançamentos tenha redução de até dois dígitos na comparação com o acumulado de 2017. “Acreditamos que haja redução entre 8% e 10% no volume de lançamentos, resultando em cerca de 28 mil unidades lançadas”, previu o presidente do Secovi, Flavio Amary. Com relação as vendas, a previsão da entidade e que o incremento pode chegar a 17%. “Algo em torno de 25 mil a 27 mil unidades comercializadas”, comentou.

De acordo com ele, as previsões mais positivas com relação as vendas está atrelada ao aquecimento verificado no primeiro semestre. “O forte ritmo de crescimento das vendas neste primeiro semestre de 2018 está relacionado à procura do público por imóveis econômicos e compactos, cujos valores são mais acessíveis, às taxas de juros mais reduzidas e à demanda muito intensa”, avalia o vice-presidente de Intermediação Imobiliária e Marketing do Secovi-SP, Flávio Prando.

Como resultado, as vendas do semestre (12.001 unidades) superaram os lançamentos do mesmo período (8.068 unidades), ocasionando redução na quantidade de imóveis não vendidos em oferta (17.558 unidades). “Considerando que a média mensal de vendas no ano é de 1.345 unidades, seriam necessários 13 meses para zerar a oferta na Capital. Em igual período do ano passado, essa relação era de 16 meses”, observa Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP.

Entendendo que conhecer o cliente é o melhor caminho para garantir vendas, a construtora Trisul tem investido alto em planejamento de mídia para oferecer cada empreendimento para um público específico. Para isso, a empresa desmontou o conceito tradicional de “estande de vendas” e tem ido direto ao público em eventos variados. “Isso quebra o receio que o próprio mercado ajudou a criar ao longo dos anos”, conta o superintendente de marketing da empresa, Lucas Araujo, superintendente de marketing da Trisul, fazendo menção ao receio que o consumidor tem de passar os contatos para o corretor.

Nos últimos meses a Trisul fez ações em locais como a Feira dos Campeões Comer e Beber, Expo Noivas, Taste of São Paulo, DW! São Paulo Design Weekend e outros.

Ainda esperando o resultado da eleição de outubro, o presidente da Construtora Danpris, Dante Seferian, também faz planos para crescer este ano. Para sustentar essa previsão, ele conta que a empresa triplicou a quantidade de apartamentos lançados; aumentou o landbank, contratou novos funcionários e estima aumento de 50% nas vendas. “Vamos alcançar 1.500 unidades lançadas. A venda de unidades prontas remanescentes também está 50% melhor em comparação com o último período e estamos retomando a contratação de mão de obra.”

Termômetro para o mercado imobiliário nacional, os negócios na cidade de São Paulo são animadores, ainda que se dêem em cima de uma base prejudicada. No período de seis meses, foram comercializadas 12.001 unidades residenciais, 52,1% acima do visto no primeiro semestre de 2017.

“O resultado deste ano foi o melhor desde o início da crise econômica do País, iniciada em 2013, e se aproxima da média histórica de vendas do primeiro semestre, de 12,4 mil unidades, calculada no período de 2004 a 2018”, detalha o Secovi, em análise (veja mais no gráfico).

Os imóveis que se destacaram nas vendas foram os de 2 dormitórios, com área útil inferior a 45 m², e na faixa de preço de até R$ 240 mil. A participação dos imóveis de 2 dormitórios no total das vendas do semestre foi de 67%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *